Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Junho, 2008

A continuação do beijo...

O som familiar da campainha acorda-me de torpeza onde me encontrava, sorrindo vou já imaginando como estarás, como te encontraria por detrás da porta que nos separa.

És tu.

Sem perceber bem porquê, entras de rompante, a tua mão no centro do meu peito indica-me o caminho para dentro e com o pé chutas a porta para o seu estado natural. O teu olhar, o teu sorriso, explica-me o que um tremor que me percorre o corpo diz que já percebi...

O prazer dos teus beijos sôfregos imobilizam-me à tua mercê, enquanto a tua boca brinca com o meu ouvido sussurras-lhe "-Deixa-te levar"... Incontrolado, o meu corpo obedece-te mostrando-te o prazer que estou a sentir. Num frenesim de paixão as roupas saem voando pelo ar, as tuas mãos quentes, as tuas unhas percorrerem o meu corpo, forçando-me a sentir-te encostada a mim.

Atirado ao chão sinto o calor da lareira, lá fora a noite já vai alta, o silêncio de uma musica entoa pela sala abafada pelas nossas respirações ofegantes, por uns imensos segundos…

Un... prepared

Vislumbro a tua silhueta, sentada observando as pessoas em teu redor enquanto esperas por mim. Caminho pensativo em tua direcção, sinto-me cansado tal é a velocidade e numero de pensamentos que afloram na minha mente, "É mesmo isto que eu quero? o quê que eu quero? ser feliz... mas como!? Com quem!? Estarei eu pronto para seguir em frente, pronto para deixar de viver neste limbo a que tinha chamado minha vida?"

Olho para ti, sem saber bem como te dizer olá sento-me apenas a teu lado, como um estranho, como um mero desconhecido. Olho para ti como que pela primeira vez, vejo-te de uma forma diferente, um olhar que eu não estava habituado a ter, um olhar distante.

Com a voz tremula vais-me dizendo o que sentes, o que querias sentir, o que querias que eu sentisse, percebo que temes a minha resposta, consigo ver o receio no teu olhar. Quero falar, quero dizer-te o que sinto, quero dizer-te que assim não consigo, que não sei ser feliz assim, que, por muito que te ame... que te amo..…

...perdida...

Sinto-te...
perdida,
perdida de sentimentos,
mas acima de tudo...
perdida da realidade
que os sentimentos
te roubam.

Sinto-te...
longe de mim,
longe dos meus sentimentos,
longe da felicidade
que mereces
e tanto ambicionas,
longe de... ti.

Sinto-me...
perdido nesse teu olhar,
na sublime beleza do teu ser
do teu coração...
perdido...
em ti.